Neurofisio Intensiva

O videogame como um estímulo extra

Geralmente quando pensamos em videogame a primeira ideia que nos vem à cabeça é diversão, mas ele também pode ser um grande aliado no estímulo cognitivo de crianças e até mesmo adultos que apresentam dificuldades resultantes de um AVC. Em clínicas de reabilitação neurológica, por exemplo, essa ferramenta tem se tornado cada vez mais presente, afinal oferece estímulo cognitivo, atenção e concentração, além de tornar a terapia mais lúdica.

Na clínica Neurofisio Intensiva, a gameterapia também é utilizada nas sessões de fisioterapia. Os sensores de movimento incentivam a atividade cerebral e permitem a interatividade do paciente com objetivos e cenários por meio da produção de informações visuais, auditivas e outras modalidades sensoriais. De acordo com a fisioterapeuta Vanessa Macorini, o esforço para executar jogos que simulam atividades esportivas e de cognição provocam impactos positivos ao paciente, como: fortalecimento da musculatura, aumento da capacidade de concentração e equilíbrio.

Em casa, o videogame também pode ser utilizado como um estímulo extra, mas é importante estabelecer alguns limites para não se tornar um vício. O game não pode ser o principal meio, é preciso intercalar com jogos de outras formas como tabuleiro, revistas de atividades, livros e brincadeiras ao ar livre. Isso porque, o uso excessivo leva a criança ao isolamento, à ansiedade e até mesmo à lesão por esforço repetitivo. É preciso que os pais monitorem o tempo de uso e sempre estabeleça horários na parte da tarde ou manhã, afinal no período da noite pode prejudicar o sono e trazer algumas complicações. A temática dos jogos é importante “mesmo os jogos violentos podem ser uma maneira da criança extravasar sua agressividade. O problema é o uso excessivo de jogos deste tipo porque pode levar a criança a considerar a violência como algo natural, banalizando-a e, consequentemente, desrespeitando o outro” explica a neuropsicóloga da Neurofisio Intensiva, Joselene Alvim.

Agora que você já viu como o videogame pode ser um importante estímulo e os cuidados necessários são só analisar como integrá-lo à rotina dos pequenos e quais os jogos mais adequados para cada objetivo. Lembre-se que essa atividade é para divertir e estimular.

x Close

Like Us On Facebook

Tire suas dúvidas