Neurofisio Intensiva Presidente Prudente

Integração Sensorial e sua importância

Todos nós aprendemos desde pequenos que existem os cinco sentidos, conhecidos como: tato, visão, gustação, olfato e audição. Porém, muitos não conhecem outros dois, também muito importantes: o sistema vestibular e a propriocepção. Esses dois sentidos complementares tem tudo a ver com a Integração Sensorial e ao longo deste texto você vai entender porquê. 

O sistema vestibular  foi um dos primeiros a ser desenvolvido durante a fase do pré-natal e a entrar em função no nascimento. Ele visa estabilizar a cena visual durante o movimento do corpo e/ou cabeça. Já a propriocepção está relacionada à percepção do próprio corpo, onde é organizada e interpretada qualquer informação postural e encaminhada ao sistema nervoso central pelos receptores sensoriais denominados mecanoceptores, que são encontrados  em ligamentos, tendões, articulações, músculos, etc. Ou seja, é a consciência dos movimentos produzidos pelo corpo e membros.

A Integração Sensorial (IS) foi criada nos anos 60 pela terapeuta ocupacional e psicóloga educacional norte americana, Anna Jean Ayres (1920-1989). Inicialmente era dirigida a crianças que apresentavam distúrbios de aprendizagem, mas atualmente a sua utilização se ampliou também às pessoas com disfunções neurológicas. Trata-se de um tratamento que envolve as sensações corporais e os mecanismos cerebrais, relacionados aos sistemas vestibular e de propriocepção. 

A IS é indicada para pacientes com TDAH (Transtorno de Déficit Atenção e Hiperatividade), distúrbio de aprendizagem, síndromes genéticas, paralisia cerebral, autismo, psiquiatria, RDNPM (Retardo do desenvolvimento neuropsicomotor) e em adultos com patologia que afetam as funções sensoriais. De acordo com a terapeuta ocupacional da Neurofisio Intensiva, Fernanda Babora, a IS é muito importante para melhorar todas funções sensoriais, relacionadas aos sete sistemas, refletindo em todas atividades na vida diária, como por exemplo: andar, falar, brincar, comer, fazer amizade e até questões  emocionais.

As sessões de IS são desenvolvidas em um setting terapêutico (uma sala) com estruturas e equipamentos suspensos e de solo para promover e estimular movimentos que ativam os sistemas sensoriais do paciente. Por exemplo, ambientes com redes, balanços, piscina de bolinhas, pneus, trapézio, escorregador, entre outros materiais que despertam distintas experiências sensoriais, integrando todos os sete sentidos. A Neurofisio Intensiva tem um amplo espaço projetado para as sessões de IS e conta com uma equipe terapêutica altamente capacitada. Venha conhecer mais sobre a IS e seus benefícios.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

x Close

Like Us On Facebook

WhatsApp Fale conosco agora